Elephanta Caves – Mumbai

DSC_0697.jpg
Guardiões da Elephanta Caves. Lente 50mm Exposição: 1/100s Abertura: f/2.8 ISO 2000

Considerado um patrimônio mundial da Unesco, as Elephanta Caves formam um conjunto de 7 cavernas localizado no sul de Mumbai na Elephanta Island, ilha que leva o mesmo nome.

Para chegar lá precisa pegar uma balsa que leva cerca de 1h a partir do Gate of India, cartão postal de Mumbai. O serviço das balsas começa as 9 horas da manhã, funciona de 10 em 10 minutos e a última balsa volta 5:30 da tarde. Considerando que se gasta umas horinhas lá, é bom chegar cedo.

A balsa te leva até o cais e as cavernas ficam no topo da ilha, no caminho tem uma boa escadaria com comerciantes vendendo todo tipo de lembrança.

As cavernas de Elephanta Caves são impressionantes porque são montanhas de pedras onde escavaram a caverna através de “cortes” precisos (wtf!?) e esculpiram pilastras e grandes esculturas contando a história de Shiva, deus da religião hindu.

Para ser mais claro: fizeram uma(s) caverna(s) gigante, com teto e pilastras regulares, além de grandes esculturas, ISSO TUDO EM UMA SÓ PEDRA, e à muito tempo atrás:

Deu para entender porque é patrimônio da Unesco?

História

Não se sabe ao certo quem nem quando as cavernas foram feitas. Existem algumas teorias sobre o povo autor das cavernas e determinaram sua data em algo entre os séculos 5 e 8 D.C.

Esse conjunto de cavernas leva esse nome porque durante as grandes navegações dos portugueses (os livros de história dizem que eles foram parar no Brasil por causa das especiarias da Índia, lembra?), eles dominaram essa região aproximadamente em 1534 e na frente de uma das cavernas tinha uma estátua de um elefante.

Por algum motivo, essa estátua foi levada à um parque/zoológico chamado Jijamata Udyaan em Mumbai:

elephanta4.JPG
Estátua do elefante que deu nome às cavernas no zoológico Jijamata Udyann

Vale ressaltar que diferente de Alexandre, o Grande, entre os portugueses não havia respeito perante as outras religiões e muitas das esculturas dentro das cavernas estão danificas por tiros de portugueses.

A caverna principal

A caverna principal é a que se dá de cara logo que passa pela compra do ticket de entrada. Ela tem um saguão enorme com muitas pilastras, uma sala com uma representação de Shiva e da fertilidade, 9 esculturas nas paredes de cerca de 5m de altura contando a história de Shiva, além dos “guardiões” esculpidos.

Detalhe: tudo isso esculpido na mesma pedra.

Tive a sensação de estar em filme do Indiana Jones andando no meio daquelas esculturas.

Trimurti

Localizada de frente para a entrada principal dessa caverna está a escultura de Trimurti, que chama muita atenção. Trimurti é a tríade de 3 deuses hindus: Brahma, Vishnu e Shiva, que significam respectivamente a criação, a conservação e a destruição.

Gastos

Trem da linha oeste até a estação Gateaway: 10 rúpias = R$0,50

Balsa até Elephanta Island: 180 rúpias = 9 reais

Entrada na Elephanta Caves para estrangeiro: 500 rúpias = 25 reais

O Cosmopolita

Anúncios

8 comentários sobre “Elephanta Caves – Mumbai

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s